• Diretoria de Marketing

Saiba porque exportar para o Oriente Médio pode ser uma excelente oportunidade para sua empresa.

POR QUE EXPORTAR PARA O ORIENTE MÉDIO?


A região do Oriente Médio corresponde a um conjunto de países localizados a oeste do continente asiático. Sendo a região global com maior concentração de petróleo, o Oriente Médio já é mundialmente reconhecido pelo comércio de combustível fóssil, contudo vem nos últimos anos se fortalecendo em outros setores do mercado externo e está cada vez mais aberto à negociações com países ocidentais.


Em 2019, a balança comercial da região teve um salto de 9,1%, atraindo muitos investidores estrangeiros interessados em expandir seus negócios. Nesse mesmo ano, o Brasil alcançou a marca de US $10,8 bilhões de capital arrecadados com as exportações destinadas ao Oriente Médio, representando o maior saldo comercial brasileiro dentre seus parceiros comerciais.


Nos anos posteriores os resultados foram igualmente favoráveis e constantes. Em 2021, os resultados foram ainda mais surpreendentes com US $12 bilhões de montante arrecadado com exportações, segundo dados do Comex Stat. Outro exemplo recente é o crescimento de 45% nas exportações de frango aos Emirados Árabes Unidos de janeiro a agosto de 2022, de acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). A partir disso, é possível constatar que a lucrativa relação entre Brasil e Oriente Médio não é recente ou pontual, já há alguns anos o fluxo comercial tem sido positivo e tem se mostrado uma excelente oportunidade de negócio


Ao que tudo indica, o mercado internacional do Oriente Médio continuará próspero pelos próximos anos, sendo, portanto, uma ótima opção de mercado para o empresário que deseja investir na exportação de seus produtos.


PRODUTOS EM ALTA

De acordo com os dados do Comex Stat, entre janeiro e agosto de 2022, foram exportados para o Oriente Médio US $11,3 bilhões em produtos brasileiros, sobretudo da indústria de transformação, da agropecuária e da indústria extrativista. O principal produto exportado foi carne de aves e suas miudezas comestíveis (frescas, refrigeradas ou congeladas),representando 18% das exportações, seguido por minério de ferro e seus concentrados (15%), milho não moído (exceto milho doce – 14%) e soja (13%). Ademais, os óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos (crus) e a carne bovina (fresca, refrigerada ou congelada) também tiveram uma participação relevante nas exportações, com 7,1% e 5,6%, respectivamente.


Além disso, segundo a Apex-Brasil, nos últimos anos, houve uma ampliação na busca por cosméticos brasileiros no Oriente Médio, principalmente nos Emirados Árabes e na Arábia Saudita, por conta da relação existente entre a diversidade étnica brasileira e a variedade dos tipos de pele, cabelos e unhas presentes no mercado árabe. Nesse sentido, o BeautyCare Brazil, um Projeto de Internacionalização da Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, traz perspectivas de expansão para o setor brasileiro, tendo em vista que em 2020, as exportações das empresas do projeto apresentaram um crescimento de 26% em relação ao ano anterior, sendo que os dois principais mercados da região do Oriente Médio (Emirados Árabes e Arábia Saudita), representaram 4% do total dessas exportações.


QUAL PAÍS EXPORTAR?

Agora que você já sabe que o Oriente Médio é boa opção para o seu negócio, resta a dúvida: qual o melhor país do bloco para exportar meus produtos?


De acordo com dados do Comex Stat, a Turquia foi o país que mais importou produtos brasileiros, sobretudo commodities como soja, algodão, café e minérios de ferro. O montante arrecadado em exportações para a Turquia no ano de 2021 foi cerca de US $3, 15 bilhões,alcançando um superávit de mais de US $1,8 bilhão.


Ademais, a Arábia Saudita é, já há alguns anos, reconhecida como uma das mais importantes parceiras comerciais do Brasil na região, sendo o principal país de destino das exportações brasileiras entre os anos de 2017 e 2018. Em 2022, o país árabe ainda representa uma boa oportunidade para os comerciantes do Brasil, uma vez que é um dos principais países da região que mais importam nossos produtos.


Todavia, os Emirados Árabes Unidos vem recentemente despontando como outro importante comprador de commodities brasileiras. Além das exportações de frango halal, o país árabe foi o principal destino das exportações nacionais de ovos entre janeiro e agosto de 2022, importando cerca de 4, 332 mil toneladas, segundo dados da ABPA. Demais países, como Israel, Catar, Omã e Iraque também apresentam boa receptividade dos produtos brasileiros e oferecem perspectivas futuras positivas.


COMO A DOMANI PODE TE AJUDAR?


Tem interesse em realizar uma exportação para o Oriente Médio mas não sabe por onde começar? A Domani Consultoria Internacional te mostra o caminho em todas as etapas do processo de exportação. Com uma equipe de consultores capacitados em comércio exterior, nossas soluções incluem uma análise tanto dos melhores produtos quanto dos melhores países para a exportação, bem como um estudo de como agregar valor ao seu produto e de como inseri-lo no mercado de destino. Além disso, podemos orientá-lo quanto a todas as questões burocráticas, logísticas e financeiras para a realização de uma exportação segura e legal. Tem interesse em nossos serviços? Entre em contato conosco e peça a sua proposta!


 

Nos siga nas redes sociais!



LinkedIn: Domani Consultoria Internacional;


Instagram: @domaniconsultoria;


Facebook: Domani Consultoria Internacional;




REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS


AGÊNCIA DE NOTÍCIA BRASIL-ÁRABE. Brasil aumenta exportação de ovos em 20,5%. Disponível em: Agronegócio - Agência de Notícias Brasil-Árabe (anba.com.br). Acesso em 15 set. de 2o22.


AGÊNCIA DE NOTÍCIA BRASIL-ÁRABE. Exportação brasileira de frango aos Emirados cresce 45%. Disponível em: Exportação brasileira de frango aos Emirados cresce 45% - Agência de Notícias Brasil-Árabe (anba.com.br). Acesso em 15 set. de 2o22.


APEXBRASIL. Oriente Médio: cosméticos e produtos de cuidados pessoais do Brasil buscam destaque nas prateleiras da Liga Árabe. Disponível em: https://portal.apexbrasil.com.br/noticia/oriente-medio-cosmeticos-e-produtos-de-cuidados-pessoais-do-brasil-buscam-destaque-nas-prateleiras-da-liga-arabe/. Acesso em: 15 set. 2022.


FAZCOMEX. Oriente Médio: exportações e importações. Disponível em: Oriente Médio: exportações e importações (fazcomex.com.br). Acesso em 15 set. de


32 visualizações0 comentário