• Cybele Oliveira

Exportação por Remessa Expressa

Atualizado: Mai 20


Para uma empresa que tem como propósito internacionalizar-se, a Remessa Expressa é considerada uma das melhores opções para quem deseja exportar o seu produto e fazer com que ele chegue com segurança até o destino final. Assim, este trabalho é executado pelas empresas conhecidas como “Courier”, prestando serviços logísticos desde a primeira etapa, recolher a carga, depois transportá-la, realizar o despacho aduaneiro e, por fim, entregá-la ao destinatário final.


Um ponto de atenção sobre a remessa expressa é que, diferentemente da remessa postal, o Courier será responsável por toda a logística. Já na remessa postal, a responsabilidade logística é totalmente das empresas públicas de correios de cada país.

Outro aspecto em questão é que o serviço de despacho aduaneiro e agenciamento de carga é executado por uma empresa Courier, como a Fedex, DHL e UPS, e o serviço apesar de ser mais rápido, possui um ponto desvantajoso com o preço mais elevado, diferentemente das empresas públicas, em que tempo para chegar a mercadoria é maior enquanto o preço gratuito.

Vantagens da exportação por remessa expressa

A exportação por remessa expressa é considerada acessível e prática. Porém, há processos e documentos a emitir que devem ser executados corretamente, com o objetivo de que sua remessa não fique retida em alguma aduana. Um aspecto positivo em relação à documentação é que não é necessária a habilitação no Siscomex Remessa. Caso ocorra alguma inviabilização nos trâmites da empresa do cliente, é possível exportar por Remessa Expressa sem nenhum empecilho.


A execução do trabalho por remessa expressa é realizada por uma única empresa e a mesma possui Centros de Distribuição, frotas de automóveis e aeronaves próprias. Portanto, assegurando um serviço logístico mais eficaz, rápido e seguro, comprovado na rastreabilidade, já que proporciona ao cliente quase em tempo real a localização e o status da mercadoria. Logo, nota-se a redução da burocracia e sua tributação simplificada (RTS).


Ademais, o transporte internacional é efetuado por aeronaves - com exceções em determinados países fronteiriços - de forma com que o tempo não seja um ponto de atenção na escolha por este serviço. E, para complementar, as dimensões e peso aceitas são extensos, havendo alternativas de envio de até 3.000Kg e dimensões superiores a 3 metros.

Restrições existentes para exportar por remessa expressa

Em relação à viabilidade econômica, é possível notar que pode ocorrer custos mínimos que desprezam o tamanho, peso e valor da mercadoria, englobando valores como desembaraço aduaneiro, taxa de frete internacional e armazenagem. Caso o produto do exportador torne-se inviável por conta dos valores mínimos, existe ainda a possibilidade de realizar a exportação por remessa expressa. Mas, se a quantidade for volumosa ou pesada, é necessário os cálculos do custo antes de agendar a coleta dos produtos.


Na viabilidade logística, em relação às empresas couriers, há legislações que limitam o tamanho e o peso dos produtos, diferentemente de outros estilos de serviços, em que não existe nenhuma delimitação. Por conta do transporte ser aéreo, as condições de restrições são semelhantes para todos os produtos. Ademais, caso a carga contenha conteúdo com capacidade de inflamar, corroer ou explodir, ou seja produto líquido, perecível e frágil, é inverosímil que a mesma possa ser aceita para a Remessa Expressa.


Na viabilidade aduaneira, não são permitidos produtos como cigarros, charutos, tabacos, moeda em espécie, produtos falsificados ou contrabandeados, animais, entorpecentes ilegais, armas e qualquer outro que não esteja de acordo com a lei.


Em relação aos valores, existe um limite para as importações, sendo tanto para pessoa física ou jurídica, equivalente a US$1.000,00. Caso seja uma operação de exportação temporária, é possível ser entre US$3.000,00 ou US$50.000,00, devendo enquadrar-se dentro dos requisitos mencionados nos parágrafos acima. Logo, estas são as determinações da aduaneira no Brasil. A possibilidade de vender produtos como bebidas alcoólicas, por exemplo, encaixaria-se nos requisitos que os países importadores exigirem.

Documentos necessários para a emissão

Em relação aos documentos, para que a empresa Courier execute o despacho aduaneiro de remessas internacionais, é de extrema importância os listados abaixo:

  • A Fatura Comercial (Commercial Invoice), agrega as empresas envolvidas, dados logísticos, forma de pagamento, descrição do produto. Assim, para obter o modelo do documento, é necessário contatar a empresa Courier ou a pessoa responsável pelas operações de comércio exterior do cliente.

  • Nota Fiscal, ou seja, é necessário um comprovante fiscal do produto.

  • Conhecimento de Embarque - Air Way Bill - (AWB), nele é posto os dados relacionados à carga e ao transporte.

  • CPF ou CNPJ do responsável pela transação;

  • Finalidade da exportação ou importação;

Como a Domani poderia te ajudar?

Possui interesse em internacionalizar o seu produto? A Domani Consultoria Internacional pode te mostrar o caminho para todas as etapas do processo de exportação. Nossas soluções incluem análises dos melhores países para a exportação do produto, prospecção de possíveis compradores e o planejamento da internacionalização. Desse modo, somos capazes de guiá-lo(a) sobre questões burocráticas, logísticas e financeiras para que a exportação possa ser realizada com segurança e autonomia. Temos como objetivo ser o farol para a internacionalização de empresas e o combustível para a formação do amanhã.


Veja mais em Nossas Soluções e Cases de Sucesso, e entre em contato para mais informações!

Nos siga nas Redes Sociais!

LinkedIn: Domani Consultoria Internacional (link);

Instagram: @domaniconsultoria (link);

Facebook: Domani Consultoria Internacional (link).


83 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo