• Diretoria de Marketing

Quer exportar madeira? Saiba as perspectivas do setor e como a Domani pode ajudar

Atualizado: Ago 28

O mercado de exportações de madeira brasileira tem apresentado resultados promissores ao longo dos últimos anos. De acordo com dados do laboratório da Comtrade da Organização da Nações Unidas, de 2009 até 2019, as exportações cresceram cerca de 60%, chegando próximo aos patamares apresentados entre 2004 e 2007. Os dados podem ser observados no gráfico abaixo:



Membros do setor estão otimistas com as perspectivas. De acordo com o diretor do Sindicato das Indústrias Madeireiras do Norte do Estado de Mato Grosso (SINDUSMAD), Sigfrid Kirsch, o setor de base florestal tem sido favorecido pela legalização ambiental. A expectativa é de um aumento de até 25% nas exportações em 2020.


Principais destinos


De acordo com dados do Trademap, plataforma de dados do comércio internacional, os principais destinos das exportações brasileiras de madeira em 2019 foram:

Estados Unidos - O país é o importador mais relevante da madeira brasileira, adquirindo US$ 1,19 bilhões, o que representa 41,4% das importações totais;


México - Segundo maior comprador de madeira do Brasil, o México importou US$ 200 milhões. Equivalente a 7,2% do total das importações;


China - Terceiro importador mais relevante com o valor de US$ 177 milhões importados, o que é o equivalente a 6,2% de todas as importações;


França - Quarto importador mais relevante, alcançando US$ 109 milhões importados, representando 3,8% das importações;


Reino Unido - Quinto maior comprador com US$ 90 milhões, representando 3,1%.


O mercado estadunidense


Tendo em vista a relevância do mercado dos Estados Unidos para as exportações brasileiras de madeira, é importante entender quais são as preferências do país. Segundo um estudo realizado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), a madeira serrada representou 48,3% de todas as importações de madeira do país em 2017.

A segunda categoria mais importante de produtos importados foi a de madeiras compensadas, madeiras folheadas e madeiras estratificadas, alcançando 17,6% da importações. Em terceiro estão as importações de painéis de partículas e painéis de fibras com 15,4%. Obras de marcenaria ou carpintaria para construções são a quarta maior categoria com participação de 13,7% nas importações.


A escolha do melhor país para a exportação


Apesar do destaque dos Estados Unidos na aquisição de madeira brasileira, é necessário avaliar diversos outros aspectos antes de definir o destino da sua exportação, sendo essencial tanto uma análise geral do mercado internacional do produto, quanto uma pesquisa mais aprofundada dos mercados com maior potencial, considerando as preferências e peculiaridades de cada região.

Quer saber mais sobre o que levar em conta no processo de escolha? Baixe na íntegra nosso E-book“Considerações ao Escolher o Melhor Destino para Exportar”, clique aqui para acessar.

Como a Domani pode ajudar


Sabemos que a exportação pode ser complexa e estamos disponíveis para auxiliar. Realizamos a análise dos melhores países, prospecção de possíveis compradores e proporcionamos um planejamento completo e detalhado sobre todos os passos que devem ser seguidos. Nosso principal objetivo como consultoria é impulsionar nossos clientes a conhecer todo o processo de internacionalização a fim de se alcançar o tão sonhado êxito no mercado internacional com os seus produtos.


Case: Projeto Kodama - Exportação de Madeira de Eucalipto

Um exemplo de sonho realizado pela Domani foi o Projeto Kodama que contou com o estudo dos melhores destinos para a exportação de madeira de eucalipto, além da prospecção de possíveis compradores, mapeamento de feiras e eventos e certificados com potencial de agregar maior valor ao produto.

LinkedIn: Domani Consultoria Internacional

Instagram: @domaniconsultoria

Peça sua Proposta!

133 visualizações

Receba as novidades em Comércio Exterior!

Nos acompanhe nas redes sociais

link.png
insta.png
face.png

Contato

Venha ser um

Agente do Amanhã!

© 2020. Domani Consultoria Internacional.