• Diretoria de Marketing

O Mercado de Cosméticos Naturais e suas Oportunidades


O mercado de cosméticos naturais tem crescido já há alguns anos e tende a continuar crescendo cada vez mais. De acordo com um estudo da Grand View Research, este mercado, a nível global, deve atingir o valor de 48 bilhões de dólares até 2025, um aumento de 5,01% em comparação a 2019. Acredita-se que este movimento se dá por uma preocupação atual, especialmente das novas gerações, com os ingredientes que são usados nos produtos que são consumidos. No mercado de cosméticos, isso envolve tanto os impactos ambientais que os ingredientes usados podem trazer quanto a preocupação com o que entrará em contato direto com a pele de quem consome.


Dentro da área de cosméticos naturais, ainda no mesmo estudo, o nicho de skincare (cuidados com a pele) é o que mais lucrou: cerca de U$10,31 bilhões em 2018. Além disso, mesmo com as quedas em vários setores durante a pandemia, a busca por produtos de skincare tem aumentado. De acordo com o estudo “O Legado da Quarentena” da BTG Pactual, o setor de saúde foi um dos que cresceu nos últimos meses e o nicho de skincare foi o segundo mais significativo, sendo buscado 66% mais na Google.


O Mercado Global de Cosméticos e o Diferencial Brasileiro


Para o comércio exterior, não há uma diferenciação explícita entre cosméticos sintéticos e naturais. Ainda assim, é relevante analisar os dados do setor. Para produtos de beleza, de maquiagem ou cuidados da pele, o Brasil é o 41º país em exportações, tendo comercializado o valor de mais de 91 milhões em 2019. Os primeiros cinco países nesse setor são: França, Cingapura, Estados Unidos, Coreia do Sul e Japão, respectivamente. Já dentro das exportações brasileiras, especificamente para cremes de beleza, cremes nutritivos e loções tônicas, os principais países de destino foram latino americanos: Argentina, México, Colômbia, Chile e Peru, respectivamente.

Ainda que, no geral, o Brasil não esteja entre os principais países do setor, há uma diferença reconhecida internacionalmente: o papel da biodiversidade nacional na produção de cosméticos. O Brasil é o país com a maior biodiversidade do mundo, englobando em seu território seis biomas diferentes. De acordo com Eduardo Pagani, gerente de desenvolvimento do LNBio - Laboratório Nacional de Biociência, atualmente há 600 plantas catalogadas que são usadas pela indústria de cosméticos, mas ainda estão sendo desenvolvidas pesquisas com mais de mil outras. O gerente afirma que “temos um mercado para produtos naturais com grandes oportunidades de desenvolvimento, inovação e geração de negócios”. No mesmo sentido, Juliana Frutoso, Gerente de Negócios da Beraca, companhia que fornece insumos naturais para empresas de cosméticos, afirmou em entrevista que “as matérias-primas provenientes de fontes naturais e sustentáveis permitem o desenvolvimento de cosméticos diferenciados, sempre de acordo com o que existe de mais moderno e tecnológico no mercado cosmético”.


Ademais, segundo o panorama do setor feito pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) em 2019, a exportação foi significativa, visto que o mercado de higiene e beleza no Brasil conta com 2.794 empresas.


Consumo Consciente: diferenças entre Produtos e Certificações


Quando se busca um consumo consciente é importante entender melhor a diferença entre os tipos de cosméticos e também saber se certificar de que esses realmente são naturais, orgânicos ou veganos. No Brasil, não existem leis que definam essas diferenciações, assim, os selos e as certificações se tornam fundamentais para trazer garantia ao consumidor, indo contra o movimento de greenwashing - uso, por meio do marketing e comunicação, de um discurso sustentável que não é condizente com a realidade do produto. A Domani Consultoria Internacional explica as diferenças entre os tipos de produtos para você:


  • Cosméticos naturais:

São considerados cosméticos naturais aqueles que têm 95% de seus ingredientes de matéria-prima natural e não podem contar os ingredientes proibidos, como parabenos e petrolatos. Uma certificações conhecidas para isso é a EcoCert.

  • Cosméticos orgânicos:

São considerados cosméticos orgânicos aqueles que utilizam matérias-primas certificadas como orgânicas, isto é, sem adição de químicos ou fertilizantes. Um dos selos conhecidos para isso é o Natrue Cosmetics da IBD (Associação de Certificação Instituto Biodinâmico).

  • Cosméticos veganos:

São considerados cosméticos veganos aqueles que não utilizam matérias-primas de origem animal, nem são testados em animais. Assim, os cosméticos veganos não são necessariamente naturais, pois podem usar insumos sintéticos. Um dos selos conhecidos para isso é o Selo Vegano da Sociedade Vegetariana Brasileira.

  • Cosméticos cruelty free (livres de crueldade):

São considerados cosméticos cruelty free aqueles que não fazem testes em animais. Os testes em animais no setor de cosméticos têm sido amplamente criticados e um dos valores do consumo consciente é não apoiar empresas que ainda os fazem. O selo mais conhecido para isso é o Cruelty free da organização PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético de Animais).


Customização dos Cosméticos baseada nos Países de Destino


De acordo com o Caderno de Tendências #2019-2020 realizado pelo Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - e pela ABIHPEC, as diversas crenças e religiões de cada país são fatores que fazem parte dos valores pessoais e, consequentemente, influenciam na customização dos cosméticos. Segundo o apontamento do Instituto Nielsen Índia, no mercado indiano de cuidados pessoais, por exemplo, 41% desses produtos são representados pelos herbais e ayurvédicos - palavra baseada em Ayurveda: uma das ciências antigas da Saúde e Medicina.

Além disso, marcas brasileiras que exportam para o Oriente Médio se preocupam em produzir cosméticos halal, ou seja, de acordo com as regras do islã. Desse modo, há até mesmo a Certificação Halal, a qual atesta que uma agência controlada pelo governo e/ou uma organização islâmica reconhecida certificou a aptidão da indústria em praticar os procedimentos Halal. Esse consiste em produzir, armazenar e comercializar produtos destinados aos consumidores muçulmanos e também certifica que a empresa, o processo e os produtos seguem os requisitos legais e critérios determinados pela jurisprudência islâmica. Outro fator que deve ser considerado sobre este mercado promissor é que grande parte da população da União Europeia é composta por muçulmanos, sendo um público muito presente em todo o globo e não somente no Oriente Médio, como muitos pensam.


Novidades promissoras sobre o Comércio Exterior


A fim de alavancar o crescimento das exportações de produtos e serviços que envolvem a cadeia de valor do setor de HPPC (produtos acabados, ingredientes, embalagens, serviços e acessórios em geral), a ABIHPEC e a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) criaram o Projeto Setorial Beautycare Brazil. O projeto é direcionado ao incentivo e auxílio a empresas ainda não atuantes no mercado internacional, assim como apoio e suporte para empresas exportadoras, respeitando suas estratégias individuais. Desse modo, fica visível a intenção de impulsionar e incentivar a maior participação do mercado brasileiro de cosméticos no cenário internacional.


Quer Exportar ou Importar Cosméticos?


A Domani Consultoria pode te auxiliar em ambos os processos de exportação e importação de cosméticos ou produtos de skincare de modo a estudar e analisar os melhores países, realizar a prospecção de possíveis fornecedores ou compradores e proporcionar planejamentos completos e detalhados sobre todos os passos que devem ser seguidos. Desse modo, somos capazes de guiá-lo(a) sobre questões burocráticas, logísticas e financeiras para que a exportação possa ser realizada com segurança e autonomia.

Nossa empresa também pode te mostrar o caminho e transmitir o conhecimento sobre como adquirir todos os selos e certificações apresentados ao longo deste artigo, visto que agregam valor, segurança e credibilidade ao produto.


Nosso principal objetivo como consultoria é auxiliar nossos clientes a conhecer todo o processo de internacionalização a fim de se alcançar o tão sonhado êxito no mercado internacional com os seus produtos.


Quer saber mais? Fale conosco, estamos aqui para te ajudar!

LinkedIn: Domani Consultoria Internacional (link aqui) Instagram: @domaniconsultoria (link aqui)


Peça sua Proposta!

0 visualização

Receba as novidades em Comércio Exterior!

Nos acompanhe nas redes sociais

link.png
insta.png
face.png

Contato

Venha ser um

Agente do Amanhã!

© 2020. Domani Consultoria Internacional.