• Diretoria de Marketing

Exportação de carne em 2020

O Brasil e a Carne Bovina


Como um país especializado em commodities e voltado para o mercado exterior, o Brasil possui alta relevância quando o assunto é exportação de carne. Um exemplo disso é a liderança do país em 2020 no ranking de maiores exportadores de carne bovina no mundo.

Os exportadores brasileiros levaram quase 2,2 milhões de toneladas para o exterior no ano de 2020, o equivalente a 14,4% do mercado internacional total. Isso representa um aumento de 8% em comparação com a quantidade de 2019 - 1,8 milhão. Quanto à receita envolvida, é válido apontar para US$8,4 bilhões em 2020, o que verificou-se 11% maior do que o movimentado no ano anterior. Logo, é notável que o mercado de carnes aumentou e continuou significativo apesar de um contexto de pandemia mundial.


O impacto da covid-19


A pandemia do coronavírus acarretou impactos em todo o mundo em vários âmbitos. Todavia, especialmente na economia, as exportações brasileiras em números absolutos não foram tão impactadas quanto outros setores por diversos motivos. Como um todo, o agronegócio exportou em março de 2020 um total equivalente a US$9,29 bilhões, o que, em comparação com março do ano anterior, significou um aumento de 13,3%. Em relação à carne, nota-se que o destaque do setor é a bovina, uma vez que o Brasil vendeu US$637,81 milhões apenas no mês de março daquele ano. Outro indício da força da criação bovina é que, em 2020, o seu rebanho de 217 mi de cabeças no Brasil foi o maior mundialmente, sendo quase 15% do rebanho do mundo todo.


Exportação de carne de frango e de suínos


No mesmo sentido do aumento quanto aos bovinos, as exportações brasileiras de carne suína apontaram a marca de 1,021 mi de toneladas no período de janeiro a dezembro de 2020, de acordo com os dados levantados pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Isso totalizou US$2,27 bi, um aumento de 42,2% em relação a 2019. Assim, mesmo com a pandemia do coronavírus, o crescimento no setor suíno também não foi impedido. Nota-se, ainda, que os embarques registrados em agosto de 2020 tiveram um aumento de 89,2% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Além disso, a ABPA também calculou um crescimento de 6,5% na produção de carne suína brasileira em 2020, chegando a 4,250 milhões de toneladas.


Além do Brasil ser o maior produtor de bovinos do mundo, considerando também a produção de aves e de suínos, a criação brasileira coloca-se, no mercado mundial, na terceira posição, atrás somente da China e dos Estados Unidos. A nossa produção, assim, soma a um total de 9,2% no ano de 2020, ou 29 mi de toneladas. Logo, em uma análise do período de 2000 a 2020, é possível constatar uma receita de US$265 milhões para o agronegócio brasileiro.


Quanto à carne de frango, a ABPA levantou que as exportações brasileiras tanto in natura quanto processadas somaram, no período de janeiro a outubro, aproximadamente 3,85 mil de toneladas, somando US$5,54 bi em faturamento. Em março, as expectativas eram de 4 mi de toneladas, segundo o veículo AviNews. Ou seja, apesar das dificuldades logísticas e financeiras decorrentes da pandemia, o setor demonstrava-se muito promissor e quase atingiu o recorde esperado. A partir disso, observou-se que o mercado de exportação de frango manteve alta em 2020.


Principais mercados importadores


Entre os principais mercados para o exportador brasileiro, o maior destaque vai para o chinês, uma vez que 60,38 mil toneladas foram importadas do Brasil em julho de 2020. Em 2021, esse número cresceu 4,5% no mesmo período. No segundo lugar, encontra-se o Japão, que importou 34,79 mil toneladas.

Dentre os importadores mais relevantes também tem-se os Emirados Árabes Unidos, com menção notável ao mercado halal, que segue as regras do Islão em relação à alimentação. O país, então, importou do Brasil 19 mil toneladas em julho, mas aumentou para 34 mil toneladas no mesmo período de 2021 - ou seja, houve um acréscimo de 75,7%. Por fim, a África do Sul importou 18 mil toneladas que se tornaram 24,6 mil em 2021, demonstrando ser também um importador considerável no setor.


Concorrência sul-americana


Colocando em ótica a concorrência para o Brasil, encontra-se a Argentina como o quinto maior exportador de carne bovina do mundo. Enquanto que a China é o maior consumidor mundial da carne, percebe-se que cerca de 75% das exportações de carne bovina da Argentina em 2020 foram para a China, da mesma forma que o país chinês também é o maior importador do Brasil. Por isso, a Argentina demonstra-se uma concorrência relevante para a exportação de carne bovina brasileira, ainda mais tendo em vista sua proximidade geográfica com o nosso país.


Segundo os dados do Instituto Nacional de Estatísticas e Censos da Argentina (Indec), em 2020 as exportações argentinas de carne e couro bovinas alcançaram US$ 3,368 bilhões, com uma queda de 16,5% em comparação com ano 2019, e os principais destinos foram China, Alemanha e Israel. Em 2020, o país sofreu com o impacto da pandemia da covid-19, que provocou uma queda de 9,9% do Produto Interno Bruto (PIB). Em 2021, a Argentina suspendeu exportações de carne bovina por 30 dias, com o objetivo de reduzir o preço do alimento no mercado interno argentino, que subiu 65,3% em abril.


Como a Domani pode te ajudar?


Conforme os dados estatísticos indicam, o mercado exterior de carnes é muito importante para o exportador brasileiro, mesmo com aparentes dificuldades como a pandemia de covid-19 e a alta taxa de câmbio do real em relação ao dólar. Dessa forma, a exportação de carnes verifica-se como uma oportunidade muito frutífera para quem deseja expandir o negócio e buscar a internacionalização no setor em questão.

Portanto, se você deseja exportar carne bovina, mas não sabe exatamente como se preparar ou operacionalizar a exportação, quando fazê-la ou para onde, podemos oferecer a solução. Para facilitar esse processo, a Domani Consultoria Internacional mostra-se disponível e preparada para ser o farol na sua exportação e guiá-lo por todo o caminho por meio de soluções personalizadas especialmente para o seu negócio. Quer saber mais? Fale conosco!



Nos siga nas Redes Sociais!


LinkedIn: Domani Consultoria Internacional (link);


Instagram: @domaniconsultoria (link);


Facebook: Domani Consultoria Internacional (link).




Referências


ABPA. Exportações de carne de frango. Disponível em:

http://abpa-br.org/exportacoes-de-carne-de-frango-crescem-164-em-julho/. Acesso em 08 dez 2021.


DIÁRIO DO GRANDE ABC. Brasil é o quarto maior produtor de grãos do mundo e maior exportador de carne bovina. Disponível em: https://www.dgabc.com.br/Noticia/3726498/brasil-e-o-quarto-maior-produtor-de-graos-do-mundo-e-maior-exportador-de-carne-bovina. Acesso em: 10 dez. 2021.


EMBRAPA. Os impactos da Covid-19 para a cadeia produtiva da carne bovina brasileira. Disponível em:

https://www.embrapa.br/busca-de-publicacoes/-/publicacao/1121736/os-impactos-da-covid-19-para-a-cadeia-produtiva-da-carne-bovina-brasileira. Acesso em 08 dez 2021.


G1.GLOBO. A Argentina suspende exportações de carne bovina por 30 dias. Disponível em:

https://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2021/05/18/argentina-suspende-exportacoes-de-carne-bovina-por-30-dias.ghtml. Acesso em o8 dez 2021



PORTAL EMBRAPA. Brasil é o quarto maior produtor de grãos e o maior exportador de carne bovina do mundo, diz estudo. Disponível em: https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/62619259/brasil-e-o-quarto-maior-produtor-de-graos-e-o-maior-exportador-de-carne-bovina-do-mundo-diz-estudo. Acesso em: 10 dez. 2021.


G1. Exportação de carne suína do Brasil tem recorde de 1,02 milhão de toneladas em 2020, diz ABPA. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2021/01/05/exportacao-de-carne-suina-do-brasil-tem-recorde-de-1-milhao-de-toneladas-em-2020-diz-abpa.ghtml. Acesso em: 10 dez. 2021.


AVINEWS. Brasil: exportações de carne de frango 2020. Disponível em:

https://avicultura.info/pt-br/brasil-exportacoes-recorde-2020-usda/. Acesso em: 10 dez. 2021.



CANAL RURAL. Brasil exporta volume recorde de carne bovina em 2020; veja projeção para este ano. Disponível em: https://www.canalrural.com.br/noticias/brasil-exporta-recorde-carne-bovina-2020/. Acesso em: 10 dez. 2021.

39 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo