• Diretoria de Marketing

Mercado de Algodão e Insumos Médicos durante a Pandemia

O ano de 2021 se inicia marcado pelas campanhas de vacinação contra a Covid-19 em todo o mundo. Com bilhões de indivíduos a serem vacinados ao longo de todo o ano, a demanda por insumos médicos, como seringas, e produtos a base de algodão é crescente e ainda incerta, devido à imprevisibilidade no que se refere à produção e aplicação de vacinas.


Considerando o cenário vivido tanto nacional quanto internacionalmente, o início da campanha de vacinação em massa, é certo que a demanda de tais produtos irá aumentar. Desse modo, há uma ótima oportunidade para produtores desses tipos de insumo que sonham em explorar o mercado internacional. Entretanto, para isso, é extremamente necessário que haja preparo e planejamento por parte dos empreendedores que desejam internacionalizar seus produtos, já que os bens são requisitados tanto domesticamente quanto no exterior.

O Mercado de Algodão


O Brasil ocupa o quinto lugar entre os maiores produtores de algodão, e é o segundo maior exportador do produto, segundo a Embrapa, o que faz com que os preços no mercado interno sejam influenciados diretamente pelo valor da commodity no âmbito internacional e pelo câmbio. Estes dois fatores fizeram com que o produto tivesse valorização de 19% em meados de 2020, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea-Esalq/USP), ao mesmo tempo de uma safra recorde e do aumento do estoque internacional, de acordo com a Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa).


Diferentemente de 2020, quando a pandemia foi fator para diminuição de demanda e queda das exportações de algodão e seus derivados têxteis no início do ano, 2021 tende a impulsionar as importações mundiais do produto com a retomada das atividades econômicas e campanhas de vacinação. Entretanto, apesar de um ano conturbado em 2020, o algodão se situou entre os produtos do agronegócio brasileiro mais exportados, com um crescimento das exportações de algodão em bruto em 43,6%, segundo o Ministério da Economia, indicando um 2021 ainda mais promissor.


O Brasil, que exportou mais de três quartos de sua safra 2019/20, tem tradição e representatividade no mercado internacional. Em 2020, as exportações brasileiras atingiram o equivalente a US $3.3 bilhões em algodão e seus derivados, de acordo com a plataforma de consulta do Ministério da Economia, Comex Stat. Com sua grande maioria destinada à Ásia, a países como China (o maior produtor e consumidor de algodão do mundo), Vietnã, Paquistão, Turquia e Bangladesh. Além disso, dentre a produção desses produtos, cerca de 67 mil toneladas foram especificamente de algodão, gaze e outros materiais têxteis com fins medicinais, segundo Fernando Valente Pimentel, presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit).


Também é importante pontuar que o Brasil se beneficia da produção responsável e sustentável do produto, sendo o líder deste tipo de produção e comercialização, certificados pelo programa Algodão Brasileiro Responsável e Better Cotton Initiative, de acordo com a Associação Sul-Matogrossense dos Produtores de Algodão (AMPASUL).


Mercado de Insumos Médicos


Além dos produtos derivados do algodão, a crise sanitária causada pela pandemia de Covid-19 e a subsequente campanha de vacinação demandam de materiais e ferramentas como seringa, caixa térmica, saco plástico, luva descartável, máscaras, entre outros. A alta produção e demanda por estes produtos atinge todo o cenário internacional, quando os países começam a ter acesso a vacinas, paulatinamente, mas necessitam de planejamento e estoques deste tipo de produto com antecedência.

Por mais que o cenário futuro ainda se encontre incerto para os países, no que se refere a quantidade e em que velocidade serão distribuídas as vacinas e que esses insumos serão necessários, as indústrias têm a certeza de um 2021 produtivo, de alta demanda e, possivelmente, de alta de preços, resultante do crescimento da procura. Outra questão importante para os produtores de insumos como seringas e agulhas é que grande parte de sua matéria-prima é originada de fora do país, demandando importações para o início das produções.


Junto disso, considerando a alta demanda, para facilitar o acesso a certos produtos requisitados pelos serviços de saúde e com o objetivo de facilitar o combate à pandemia, o Ministério da Economia e a Câmara de Comércio Exterior concedem redução temporária da alíquota de importação de certos produtos, como drogas/medicamentos e equipamentos desde maio de 2020.


Como a Domani pode te ajudar?


Se você é produtor ou distribuidor e tem interesse no mercado de algodão e de insumos médicos e procura expandir o seu negócio para o exterior, a Domani pode te ajudar a encontrar o melhor país de destino ou de origem para estes produtos, a partir de nosso serviço de Estudo de Mercado. Além disso, nossa Promoção Comercial pode buscar as melhores maneiras de promover sua mercadoria no mercado final, identificando, por exemplo, os selos e certificados de referência que podem indicar ao consumidor a qualidade e/ou sustentabilidade de seu produto e possíveis fornecedores ou compradores do produto.


E como toda operação internacional, exportar e importar não são processos simples e demandam preparação e conhecimentos prévios. Para isso, o serviço de Planejamento Completo da Domani Consultoria pode te prover das informações e atividades necessárias durante os processos burocráticos, logísticos e financeiros da exportação, garantindo que sua operação ocorra sem grandes imprevistos e dentro dos termos legais do comércio internacional, assim, permitindo que a operação seja executada com segurança e autonomia.

Nos siga nas Redes Sociais!


LinkedIn: Domani Consultoria Internacional (link);

Instagram: @domaniconsultoria (link);

Facebook: Domani Consultoria Internacional (link).


Peça sua Proposta!

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba as novidades em Comércio Exterior!

Nos acompanhe nas redes sociais

link.png
insta.png
face.png

Contato

Venha ser um

Agente do Amanhã!

© 2021. Domani Consultoria Internacional.