• Diretoria de Marketing

Exportação de Suco de laranja

O papel do Brasil na produção mundial de suco de Laranja


O suco de laranja é a variedade de suco mais popular do mundo e é consumido por diversos países de diferentes padrões culturais e hábitos alimentares. Por possuir alto teor de vitamina C e nutrientes, seu consumo vem crescendo em todo o mundo, principalmente em função da busca dos consumidores por uma alimentação mais saudável, associado à praticidade e refrescância da bebida. Dessa forma, esse produto pode representar uma boa oportunidade no comércio exterior uma vez que, além da alta demanda, os sucos no geral possuem um maior tempo de prateleira do que as frutas in natura.


O Brasil é atualmente o maior produtor e exportador de frutas cítricas do mundo. Um dos principais subprodutos dessa produção é o suco de laranja. ****Segundo a CitrusBR, o Brasil é responsável por 79% do suco de laranja comercializado no mundo. Proporcionalmente, três em cada cinco copos da bebida consumidos no mundo vêm do Brasil.


O estado de São Paulo e a região do Triângulo Mineiro, região considerada como o cinturão citrícola brasileiro, são responsáveis por 80% da produção nacional de laranja. A maior parte da laranja produzida no país, em torno de 85%, é destinada à indústria e 15% da produção são voltados para o consumo natural.


Perspectivas do mercado de suco de laranja 2021/22


Até meados de junho do ano passado, o Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus) estimava um aumento de aproximadamente 9% para a safra 2021/2022, que esperava-se atingir a casa dos 294,1 milhões de caixas de 40,8 quilos no cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo e Sudoeste de Minas Gerais. No entanto, o que foi registrado até fevereiro de 2022 foi uma safra de 658.448 toneladas, ou seja, o equivalente a uma queda de 1,02% comparado ao mesmo período do ano passado. Os principais fatores apontados para essa queda da produção são relacionados aos problemas climáticos relacionados à secas e geadas que atingiram os pomares do cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo/Sudoeste Mineiro.


Apesar disso, em termos de valores foi obtido o equivalente a os 1,067 bilhão de dólares com as exportações de suco de laranja nos oito primeiros meses da temporada, o que corresponde a uma alta de 9,24%, conforme levantamento da Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos, com base em dados do governo federal.

Mercados Consumidores


Os principais mercados consumidores do suco de laranja são o mercado europeu (63,32%) seguida de Estados Unidos (20,03%), China (7,87%) e Japão (4,60%). Mesmo com a pequena queda em produções, um relatório elaborado pela CitrusBR observou um aumento de cerca de 11% no valor pago na Europa pela bebida da fruta brasileira, o que representa uma boa perspectiva para o exportador brasileiro no mercado estrangeiro.


Dados do comércio exterior mostram, no entanto, que nos últimos anos o Brasil tem perdido competitividade no mercado norte-americano para fortes concorrentes, como o México, que possui isenção de tarifas para esse produto, enquanto a bebida brasileira paga uma taxa de 415 dólares a tonelada.


A China, por outro lado, vem se mostrando como uma boa oportunidade de mercado de destino para a bebida brasileira. No período de julho a fevereiro da safra 2021/2022 o país importou um volume 60% mais elevado se comparado com o mesmo período do ciclo anterior, acompanhado de um aumento de 57,17% no faturamento, o equivalente a 61,3 milhões de dólares.


É importante destacar, no entanto, que o estudo aprofundado de aspectos macro e micro econômicos assim como dos padrões de consumo, situação concorrencial e outros aspectos mercadológicos do mercado internacional é de extrema importância antes de realizar a escolha do local de destino das exportações.



Como a Domani pode te ajudar?


Atualmente, as operações de suco de laranja estão sendo impactadas pela cobrança de uma espécie de imposto de exportação decorrente de uma interpretação da Solução de Consulta n.º 2 de 2019 da Receita Federal. Por esse motivo, caso o seu objetivo seja exportar de suco de laranja, é extremamente recomendável a contratação de uma consultoria especializada para auxiliar no processo burocrático no produto em questão, assim como no entendimento do mercado mais adequado de destino para inserção dessa bebida.


A Domani Consultoria Internacional é uma consultoria em comércio exterior com 25 anos de experiência no mercado e se coloca à disposição para guiá-lo com relação à todos os aspectos mercadológicos, burocráticos logísticos e financeiros necessários para realizar a operação de forma segura e autônoma. Tudo isso com um alto grau de personalização pensado especialmente para o seu negócio. Quer saber mais? Fale conosco!

 

Nos siga nas Redes Sociais!

LinkedIn: Domani Consultoria Internacional (link); Instagram: @domaniconsultoria (link); Facebook: Domani Consultoria Internacional (link).

62 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo